Trilha da Torre: Fase 3


03 de Fevereiro de 2019

Histórico: há muitos anos a Companhia Melhoramentos construiu torres de observação com a finalidade de detectar focos de incêndio em sua reserva natural. Com o passar dos anos elas caíram, exceto uma que está localizada na antiga Vila do Tico-Tico, e conhecida como Espia Fogo.



Por outro lado, a mata se fechou de tal maneira que as trilhas que nos levam até ela estão praticamente bloqueadas. A última visita à torre foi realizada em meados do ano 2000, e desde então meu primo tem feito buscas partindo de Perus. No último ano fizemos duas tentativas (Fases 1 e 2), porém a mata fechada comprometeu os acessos.

Especula-se que talvez umas 10 pessoas, no máximo, tenham conseguido chegar até ela desde que a mata se fechou. Devido às suas condições, acreditamos que nos últimos 19 anos ninguém tenha chegado nela.

Nessa terceira fase iniciamos nosso trajeto pelo lado oposto, saindo de Cajamar num percurso a pé de 1,5 Km pela Rodovia Anhanguera até a entrada da Melhoramentos.



A partir desse ponto seguimos mais 4,2 Km em ruas de terra até a base da montanha onde ela está localizada, passando sigilosamente pela antiga casa onde os guardas costumavam ficar e a Pedreira Anhanguera.






Por fim, os últimos 300 metros de mata fechada e bem íngreme nos fez gastar toda nossa energia, abrindo trilhas inexistentes com facões, pedras que não davam apoio suficiente para mantermos seguros, e correndo grande risco de encontrar cobras cascavéis. Naquele momento percebemos que, apesar de estarmos bem equipados, o risco era ainda maior quando marimbondos começaram a nos atacar.





Faltando apenas 150 metros até o ápice da montanha decidimos ser mais prudentes e voltar. Foi bem frustrante estarmos tão próximos da torre e não conseguirmos chegar, afinal enfrentamos muitas teias e aranhas, formigueiros, árvores derrubadas, galhos podres que despencavam com um pequeno apoio de braço, terreno irregular cheio de fendas e grandes pedras com vestígios de cobras.



Através dessas experiências buscamos cada vez mais ter cautela, preparo físico e mental, e aprimorar nossos equipamentos para atingir nosso objetivo. Nesse momento estamos planejando uma nova fase para definitivamente chegarmos ao Espia Fogo. Aguarde!



Os aventureiros: Lincoln Vicencio, Rafael Maragno e William Olimpio.